PROCON Barretos orienta Aposentados e Pensionistas do INSS, sobre oferta de crédito consignado

 A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão ligado ao Ministério da Justiça, e o INSS firmaram acordo para atuarem juntos na tentativa de coibir o assédio de instituições financeiras na oferta de empréstimo consignado a aposentados, uma das principais causas de superendividamento de idosos e de reclamações no INSS.

Este acordo também prevê intensificar a fiscalização da prática abusiva na concessão de empréstimo consignado a aposentados e pensionistas do INSS e fazer com que os bancos cumpram a Instrução Normativa nº 100, do INSS, que impede a oferta de empréstimo ou cartão de crédito consignado – por pelo menos seis meses – para os idosos que acabaram de se aposentar.

A medida contribui para prevenção de fraudes e garante mais segurança e proteção para os aposentados do INSS. “Atualmente os cidadãos não enxergam efetividade na hora de reclamar que sofreram tais práticas abusivas”, afirmou o presidente do INSS, Renato Vieira

Para registrar queixas de crédito consignado, os aposentados ou pensionistas do INSS já podem utilizar a plataforma Consumidor.gov.br ou procurar a própria instituição financeira por meio de suas ouvidorias, ou o Procon de sua localidade. Portanto, o próprio INSS não receberá as reclamações.

Além do canal consumidor.gov.br, as queixas de crédito consignado também podem ser registradas na plataforma “não me perturbe”, (https://www.naomeperturbe.com.br) administrada pela Febraban.

Fonte: consumoempauta.com.br